17/09/2018 às 16:53 - Atualizado em 17/09/2018 às 16:55

Orçamento 2019 do FNE planeja R$ 700 milhões para Alagoas

O Sr. Nivaldo Neves, executivo do Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Alagoas (Sincofarma-AL); O presidente da Federação do Comércio do Estado de Alagoas (Fecomércio-AL), Wilton Malta; Representantes do setor produtivo do Estado de Alagoas e diretores da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur)  e da Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), participaram de uma reunião promovida pelo Banco do Nordeste do Brasil (BNB), no último dia 13, na Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea), para apresentar as expectativas de financiamento com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) para 2019. Anualmente, o BNB coordena o processo de elaboração da programação do FNE. Como se trata de recursos públicos, a reunião com a sociedade se faz necessária, por isso, o setor produtivo foi convocado. O FNE atende 1.990 municípios em todo o Nordeste. O superintendente do BNB, José Rubens Dutra, apresentou a atuação do FNE durante os 30 anos de existência. Segundo ele, Alagoas responde por mais de 70% dos investimentos em longo prazo no Nordeste com apenas 17 agências no Estado. Mais de 56% de todo o crédito é rural. Dados do Banco do Nordeste apontam que o setor de comércio e serviços ultrapassa a 60% do PIB da região. Para o setor produtivo de Alagoas, o BNB deverá disponibilizar cerca de R$ 700 milhões.

Do total dos R$ 700 milhões disponíveis, aproximadamente 30% é para os empresários de comércio e serviços que pretendem buscar um financiamento, dependendo do desempenho na angariação de recursos, o total financiamento para o setor poderá chegar a 40%. “Existem recursos do FNE em disponibilidade para todos os setores. Podem estruturar as demandas e contar com o BNB”, assegurou o superintendente estadual do BNB, Pedro Ermírio de Almeida Freitas Filho.

Além da garantia de que há recursos disponível para o setor de comércio e serviços, as taxas de juros são bastante atraentes, algo em torno de 0,5% a.m. Outo fator que o Pedro fez questão de ressaltar foi a desburocratização do processo, “estamos diminuindo substancialmente as exigências documentais, em alguns casos, bastará preencher um formulário e anexar documentos de praxe”, citou ele.

 

Sobre o Sindicato

Sindicato do Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos do Estado de Alagoas

  • Endereço:
    Rua Sargento Aldo de Almeida, 91 A - Pinheiro
  • CEP: 57055-510
  • Processo: 049
  • Telefone(s):(82) 3371-3104
  • Email contato: sincofarma-al@fecomercio-al.com.br
  • Presidente:
    JOSÉ ANTÔNIO VIEIRA